Projetos

A Persona tem vindo ao longo dos seus 29 anos de existência a participar e a desenvolver inúmeros projectos em várias áreas de intervenção social. Aqui poderá conhecê-los alguns dos mais importantes.

Núcleo de Apoio à Parentalidade em Saúde Mental – Candidatura ao Prémio BPI – Fundação “La Caixa” - Capacitar

Este projeto visa promover a saúde mental através de ações de sensibilização sobre a parentalidade em saúde mental e o bem-estar psicológico na população alvo. Visa ainda o acompanhamento psicológico a pais com filhos portadores de doença mental e vice-versa. Neste projeto está ainda contemplado o acompanhamento psicológico a grávidas e puérperas portadoras de doença mental bem como Grupos de Ajuda Mútua.

ÁgilMente

 

É um projeto dirigido a Indivíduos em idade escolar, pais, professores e auxiliares de ação educativa, visando promover a saúde mental através de ações de sensibilização para saúde mental e o bem-estar psicológico deste publico alvo com vista à aquisição de competências pessoais e sociais, bem como quebra do estigma.

Apoio ao Associativismo

Através das candidaturas ao Programa de Apoio ao Associativismo, promovido pelo Município do Barreiro, bem como ao Movimento Associativo, promovido pela União das Freguesias do Barreiro e Lavradio,  tem sido possível desenvolver a apoiar algumas atividades culturais, recreativas, desportivas e humanitárias, através da aquisição de equipamentos e materiais indispensáveis ao desenvolvimento das mesmas.

Integração na RNCCI

A persona encontra-se atualmente a preparar a reconversão das respostas atualmente em funcionamento ao abrigo do despacho conjunto 407/98, através da instrução de candidaturas à RNCCI, que já mereceram parecer prévio positivo, para as seguintes tipologias:

USO - Unidade Sócio Ocupacional

A unidade Sócio Ocupacional localiza -se na comunidade, em espaço físico próprio, sendo destinada a pessoas com moderado e reduzido grau de incapacidade psicossocial, clinicamente estabilizadas, mas com disfuncionalidades na área relacional, ocupacional e de integração social.

Residência de Apoio Moderado - RAMo

A residência de apoio moderado é uma estrutura residencial, localizada na comunidade, destinada a pessoas com moderado grau de incapacidade psicossocial, clinicamente estabilizadas, impossibilitadas de serem tratadas no domicílio por ausência de suporte familiar ou social adequado. Tem por finalidade proporcionar cuidados que permitam a manutenção e o desenvolvimento da funcionalidade existente, proporcionando melhor qualidade de vida e promovendo a integração sócio ocupacional.

 

Residência de Treino de Autonomia - RTA de Adultos

A residência de treino de autonomia é uma unidade residencial, localizada preferencialmente na comunidade, destinada a desenvolver programas de reabilitação psicossocial para pessoas com moderado e reduzido grau de incapacidade psicossocial, estabilizadas clinicamente e que conservam alguma funcionalidade. Tem por finalidade a reintegração social e familiar das pessoas com incapacidade psicossocial, preparando-as para o regresso ao domicílio ou, em caso de ausência de suporte familiar ou social adequado, para a admissão em outras unidades e equipas.

 

Equipa de Apoio Domiciliário (EAD)

A EAD  desenvolve as atividades necessárias de forma a: maximizar a autonomia da pessoa com incapacidade psicossocial; reforçar a sua rede de suporte social através da promoção de relações interpessoais significativas; melhorar a sua integração social e o acesso aos recursos comunitários; prevenir internamentos hospitalares e admissões em unidades residenciais; sinalizar e encaminhar situações de descompensação para os Serviços Locais de Saúde Mental e apoiar a participação das famílias e outros cuidadores na prestação de cuidados no domicílio.

SustentavelMente

 

Decorrente da candidatura que a Persona apresentou em 2019 ao programa Integrado de Eficiência Energética para as IPSS – PIEE-IPSS, nasceu o Projeto SustentavelMente.

Este projeto assenta no eixo do alinhamento com o compromisso da Estratégia nacional da Educação Ambiental, mas também no empoderamento de grupos vulneráveis, tornando-os capazes de se fazer ouvir na comunidade, enquanto cidadãos responsáveis pela defesa do ambiente e não limitá-los ao facto de se tratarem de indivíduos com uma doença mental.

O prémio atribuído permitiu a aquisição de eletrodomésticos energeticamente mais eficientes bem como o envolvimento de todos os utentes, funcionários, familiares e parceiros na comunidade através de ações de formação e sensibilização para as questões relacionadas com a eficiência energética e a defesa do ambiente.

Verdadeiramente, este foi e é “Um Projeto de Todos e Para Todos”!

Grupo de Trabalho para a área da Saúde Mental

 

A Persona participa ativamente no Grupo de Trabalho do Conselho Local de Ação Social do Barreiro (CLASB) para a Área da Saúde Mental, que funciona baseado no modelo comunitário da saúde mental, numa perspetiva biopsocossocial e multidisciplinar, com o objetivo de promover os cuidados e saúde mental, a vida autónoma, a maior integração social, a participação ativa dos utentes nos seus projetos de saúde e a valorização do seu percurso individual, envolvendo ativamente as famílias e a comunidade.

Programa Adaptar Social +

A Persona apresentou uma candidatura ao programa Adaptar Social +, tendo sido possível através da mesma beneficiar de um sistema de incentivos à adaptação da atividade das respostas sociais ao contexto da doença COVID-19.

CLDS - Contrato Local de Desenvolvimento Social - Cidade Sol (2008 - 2011)

 

O CLDS foi um projeto de intervenção e desenvolvimento comunitário na freguesia de Santo António da Charneca - Cidade Sol no qual a Persona este envolvida entre 2008 e 2011, e tinha como principais objetivos: impulsionar uma abordagem integrativa das necessidades e das soluções, capacitando os membros da comunidade. Potenciar as relações de parceria entre grupos/ organizações da comunidade. O CLDS contou com as parcerias da Câmara Municipal do Barreiro, o Instituto de Segurança Social, IP., a RUMO, e o CATICA como entidade coordenadora. 

Serviço de Apoio Domiciliário Integrado em Saúde Mental (2009 - 2011)

 

O Serviço de Apoio Domiciliário Integrado em Saúde Mental, nasceu de uma candidatura aprovada ao Programa de Apoio Integrado a Idosos (PAII) em 2009 e tinha como principais objectivos: constituir-se como uma resposta social efectiva e com Acordo de Cooperação com o Instituto de Segurança Social, que permitisse a prestação de um conjunto de serviços de apoio domiciliário, especificamente destinados à população com problemas de saúde mental e às suas famílias. Pretendia-se que esses serviços fossem o mais individualizados e personalizados de acordo com as necessidades de cada utente. 

 

Presentemente, a instituição continua a realizar esforços para implementar este serviço, fundamental, para as pessoas e famílias que diariamente apoiamos. 

Clique Solidário (2004 - 2008)

 

A instituição desenvolveu entre 2004 e 2008 o projeto Clic Solidário, que tinha como principais objetivos: combater a infoexclusão de pessoas em situação de desfavorecimento social e a certificação das mesmas, através de cursos de formação em competências básicas em Novas Tecnologias da Informação e Comunicação.

 

Este projeto foi financiado pelo União Europeia, pelo Instituto da Segurança Social e pelo POSI - Programa Operacional da Sociedade da Informação.

Projectos Europeus - GRUNDTVIG I, II e III
 
Os projectos transnacionais desenvolvidos pela Persona, foram fundamentais para partilhar experiências e conhecer outras metodologias de trabalho na área da reabilitação psicossocial em saúde mental. Foram parceiros da instituição ao longo dos projectos GRUNDTVIG I, II e III as instituições: HUG (Inverness, Escócia), Interminds (Edimburgo, Escócia), ESTUAR Foundation (Bucareste, Roménia), JOIA - Associação de Jovens Activos (Barcelona, Espanha), Associação para Saúde Mental na Criança e na Família (Rzeszow, Polónia), ADEMM (Barcelona, Espanha), SPORA (Barcelona, Espanha). Em todos os projectos a participação dos utilizadores dos serviços foi indispensável para os resultados atingidos. 
 
Os projectos tiveram como resultados: o desenvolvimento de acções de formação em intervenção em saúde mental nos diversos países e a criação de um Guia de Intervenção em saúde mental e em reabilitação - life project inclusion. 
 
Os projectos tiveram o financiamento da Agência Nacional para a Aprendizagem ao Longo da Vida - http://www.proalv.pt/wordpress/